Batuque Brasil treme com o lançamento da candidatura de João Jorge a vereador


A tarde de sábado foi das mais agitadas em São Luís, por conta do lançamento da candidatura do  pastor evangélico João Jorge Guimarães de Oliveira,  a vereador de São Luís pelo PT. Ele é apoiado pelo vereador e  correligionário Honorato Fernandes, que está compondo a chapa do candidato a prefeito Rubens Jr, na condição de vice.

Lideranças comunitárias de todas as regiões da cidade participaram do evento, que acabou se transformando numa das maiores manifestações políticas nas eleições deste ano na capital maranhense.

Honorato Fernandes afirmou que a Câmara Municipal da cidade vai continuar sendo bem representada na pessoa de João Jorge, acrescentando que ele reúne todas as condições para representar a sociedade ludovicense e o PT naquela vasa parlamentar.

“Não é porque seja meu amigo, mas é um cidadão de bem, bastante preparado intelectual e espiritualmente para nos representar na casa de Simão Estácio da Silveira. Aquela casa vai enriquecer mais ainda o seu debate”, acrescentou Honorato Fernandes.

 João Jorge é teólogo, nascido em 22 de março de 1965, em Bacabal – MA, e filho de Joaquim Pinto de Oliveira, ex- prefeito e fundador do Municipio de Lago Verde-MA, e  Florzinha Guimarães de Oliveira.

 Iniciou no mundo evangélico em 1980, com 16 anos, na Igreja Evangélica Pentecostal. 

Com 22 anos, casou-se com Iracilde Cantanhede, com quem tem duas filhas  Talita e Letícia, que  lhes presentearam  com dois netos, Kaleb e Lorena.

É  fundador e  presidente da  Comunidade Evangélica  Missionária. Ex-presidente do Conselho de Pastores do Estado do Maranhão. 

Na política, foi candidato a vereador em 2004, conquistando  2.406 votos e em 2008, obteve 3.848, ficando na suplência.

A partir de 2008, vem apoiando  o vereador Honorato Fernandes (PT), inclusive, na última eleição para deputado estadual, quando o edil obteve quase 20 mil votos. Foi  conselheiro  do Centro de Recuperação de Dependente Químicos.   Atualmente, no exercício de capelão da Polícia Civil, teve que se afastar para concorrer uma vaga  no Legislativo Municipal.

É irmão do destacado advogado Paulo Helder Guimarães, que foi procurador-geral do Município, na administração de Tadeu Palácio e ouvidor da Câmara Municipal de São Luís, sob  as presidências de Pereirinha e Astro de Ogum.