Oposição de Alto Alegre do Pindaré pode está por trás do adiamento do concurso público


O adiamento das provas do concurso público no município de Alto Alegre do Pindaré, previstas para domingo (13), teve a participação de pessoas da oposição, que agiram com a intenção de que o certame fosse anulado.

A denúncia foi feita de forma anônima por meio da ouvidoria do Ministério Público e alega que o município vive seu maior foco de casos da Covid-19. A digital deixada pela oposição foi clara, pois faz ligação com todas as denúncias feitas até agora ao MP contra a atual gestão. 

Não é a primeira vez que a oposição faz denúncias infundadas se escondendo no anonimato, para não ter que assumir a responsabilidade por suas denúncias mentirosas contra o município

Dessa vez, denunciam que Alto Alegre do Pindaré vive seu maior foco da Covi-19, o que é comprovadamente negado pela própria população que sabe que o pico foi detectado nos meses de abril e maio, que nos últimos dias não houve notificação de casos significativos de Covid.

O objetivo real era que o concurso fosse anulado, mas felizmente as provas foram apenas adiadas em razão do país ainda viver com o medo do coronavírus.

A instituição responsável pela realização do concurso buscou se precaver, adotando medidas necessárias para evitar aglomerações e a proliferação do vírus, mas não impediu a intervenção da política feita de maneira escusa de quem quer voltar ao poder de qualquer jeito.

A oposição não atentou para o fato de que muitos irmãos alto-alegrenses já tinham marcado suas viagens de volta ao município, muitas pessoas terem feito despesas contando que o concurso seria realizado dia 13 e que agora vão enfrentar problemas com a remarcação de nova data, além de outros inconvenientes.

Mas na verdade a principal intenção era gerar a desinformação e tumultuar o processo eleitoral e como sempre semear a discórdia.

Aos que não torcem pelo bem de Alto Alegre do Pindaré uma triste notícia, felizmente a justiça determinou apenas o adiamento das provas. Mais uma vez o tiro saiu pela culatra! Certamente prevalecerá o bom senso e de comum acordo com a Justiça uma solução será encontrada e nova data será marcada! Quem não havia se preparado direito ganha uma nova oportunidade de se preparar melhor.